Vereador dr. Diogo Castilho realiza palestra sobre o plano de biossegurança em Dourados 
Live/palestra reuniu diretores e professores que puderam tirar as dúvidas quanto as regras de retorno às aulas 
Foto: Assessoria
18/02/2021 09:25

Na manhã desta quinta-feira (18), o vereador e médico Dr. Diogo Castilho (DEM) realizou uma live/palestra para as escolas municipais Rosa Câmara e Profª Iria Lucia Wilhelm Konzen. A live teve como foco a discussão das diretrizes de biossegurança no município de Dourados na volta às aulas e no contexto da Covid-19.

A vacina é uma realidade, mas enquanto não abranger os profissionais da educação, crianças e a população em massa será preciso conhecer e seguir à risca o plano de biossegurança elaborado pelo município, além de seguir o distanciamento social, usar máscara, lavar as mãos com frequência e fazer uso do álcool em gel.

O vereador Dr. Diogo pontuou como deve ser feita a aferição de temperatura, destacando que o responsável não deve encostar-se ao indivíduo. O líder do DEM na Câmara de Dourados reforçou que as máscaras precisam ser trocadas num intervalo de até três horas, pois na medida em que ficam úmidas, perdem a eficácia de proteção. Importante enfatizar que as máscaras cirúrgicas não são reutilizáveis, apenas as de pano podem ser lavadas. 

“O retorno será gradual, ou seja, as crianças não voltaram de uma vez só. As salas de aula precisarão estar equipadas com câmeras para que os estudantes que não forem, possam acompanhar as aulas, até porque, alguns pais não mandarão seus filhos para a escola. Outro ponto fundamental é o distanciamento social, as mesas devem estar afastadas, respeitando o limite entre um metro e meio a dois metros”, enfatizou o parlamentar. 

Sintomas 

Em tese, os sintomas da Covid-19 se assemelham com os da gripe. No entanto, é preciso ficar atento quando aparecem febre, tosse seca, cansaço, dificuldade de respirar ou falta de ar, dor de garganta, e a perda do paladar e olfato.

Aulas em Dourados

Em Dourados, as unidades escolares da rede particular que tiveram o plano de biossegurança aprovados pela Secretaria Municipal de Saúde já retornaram ou retornarão de forma híbrida, isto é, online e presencial, havendo rodízios dos alunos. 

As aulas na Reme (Rede Municipal de Ensino) retornarão em 1º de março, no entanto, a prefeitura decidiu que será de forma remota, como aconteceu durante todo o ano de 2020 por causa da pandemia do Novo Coronavírus. 

Também ficou definido que as atividades impressas poderão ser retiradas nas unidades escolares.
 

Texto/Fonte: Assessoria

Informativo da Câmara

Cadastre seu e-mail para receber novidades da Câmara Municipal de Dourados.