Sem plantonistas, Dr. Diogo ‘socorre’ UPA de Dourados 
Vereador Dr. Diogo reproduziu nas redes sociais plantão na UPA de Dourados
Foto: Assessoria
26/04/2021 09:13

Para não prejudicar ainda mais a população que depende do SUS (Sistema Único de Saúde) em Dourados, o médico e vereador Dr. Diogo Castilho (DEM) foi chamado para auxiliar nos atendimentos na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) na noite de domingo (25). 

Dr. Diogo Castilho foi chamado por outra profissional que já estava na unidade. “Novamente, me chamaram e fui atender nossos pacientes. Cheguei por volta das 19h30, e sai 0h15. Atendi pacientes da área verde, amarela e até mesmo na tenda Covid-19”, disse. 

Pedro Corral Tacaci Garcia do Amaral, atual diretor-técnico da Unidade de Pronto Atendimento, também foi acionado, uma vez que é quem deve cumprir estas brechas, em caso de ausência de profissional, no entanto, não pode ir, pois atendia num hospital da cidade. 

Esta não é a primeira vez que o vereador, único médico na atual legislatura (2021/2024), dá plantões no local. No dia 4 de abril, o profissional atendeu 12 horas seguidas. 

Na época, o democrata chegou a afirmar na tribuna do plenário Weimar Gonçalves Torres, que “precisou atuar por cinco médicos, administrando as áreas vermelhas, verde, amarela e ala Covid-19, além da pediatria”.

Dr. Diogo Castilho reforça que não realiza atendimentos para ser remunerado, mas “como cidadão que deseja fazer alguma coisa por Dourados. Precisamos fazer parte da solução e não só do problema”, destaca. 

Desde o início do mandato, o vereador tem apresentado as mazelas da saúde douradense, e buscado soluções junto ao poder executivo. Em relação aos atendimentos na UPA, foi solicitado à Funsaud (Fundação de Serviços de Saúde de Dourados), a disponibilização da escala de plantão dos profissionais.

“Quero pedir para que a Funsaud nos mande a escala de plantão e resolva esse problema. Aproveito para pedir providências ao prefeito Alan Guedes, secretário de Governo, Henrique Sartori, senhor secretário [interino de Saúde], Edvan, que pegou um baita de um problema. Nós precisamos olhar com outros olhos a situação. E isso vem junto com a proposta do vereador e presidente da CPI da Saúde, Fábio Luís”, disse o parlamentar.

Texto/Fonte: Assessoria

Informativo da Câmara

Cadastre seu e-mail para receber novidades da Câmara Municipal de Dourados.