Projeto de Cirilo Ramão visa reduzir acidentes com motos
02/02/2017 07:33

O vereador Cirilo Ramão (PMDB) afirmou nesta quarta-feira, dia 1º, que pretende agilizar, tão logo sejam iniciados os trabalhos da Câmara Municipal, no dia 06 de fevereiro, a discussão e tramitação do Projeto de Lei 146/2016, apresentado por ele no final da legislatura passada e que "Institui a Campanha Municipal Permanente de Prevenção de Acidentes de Moto".

"Penso que essa é uma questão que precisa ser enfrentada e sempre acreditei nas campanhas preventivas, que estimulam a sociedade como um todo ou setores específicos, como os motociclistas, a adotarem práticas que preservem a vida", afirmou o vereador.

Cirilo lembra que com as facilidades criadas para aquisição desse meio de transporte houve um crescimento expressivo da frota e, por isso mesmo, precisa haver uma ampla campanha que reduza os elevados índices de acidentes que ocorrem com vitimas fatais, incapacidade laboral, sequelas psicológicas e impacto econômico inclusive no sistema de saúde pública.

Dados do Detran, segundo Cirilo, apontam que Dourados tem mais de 45 mil motos licenciadas. "Cresceu o número de motocicletas circulando e cresceu também a frota de outras modalidades de veículos e nessa conta há que se considerar a vulnerabilidade dos motociclistas. Os inúmeros mostram que diariamente ocorrem acidentes como colisões traseiras, colisões transversais e quedas. Esse quadro demanda a conscientização tanto dos motociclistas, objetivo da nossa ação, como dos motoristas em geral", ressalta o vereador.

Cirilo propõe que a Prefeitura faça de forma permanente, através da Agetran (Agência de Transporte e Trânsito), campanhas de prevenção a acidentes com motos por meio da mídia, incluindo TV e rádio, e ainda promova debates, seminários, cursos, panfletos educativos e outras atividades que contribuam para divulgação de dicas de segurança visando a redução dos acidentes.

O Projeto prevê também criação de novos parâmetros para aplicação de penalidades e benefícios para os bons motoristas. Por fim, propõe a integração entre os serviços pré-hospitalares móveis (Samu e Corpo de Bombeiros) e os serviços pré-hospitalares fixos, como a UPA, visando agilizar o atendimento às eventuais vítimas de acidentes.


Cirilo Ramão está preocupado com os índices alarmantes de acidentes em Dourados

Texto/Fonte:

Informativo da Câmara

Cadastre seu e-mail para receber novidades da Câmara Municipal de Dourados.