Olavo Sul cobra conclusão da reforma do centro homeopático de Dourados
Olavo Sul cobrou a reforma do Centro Homeopático
Foto: Arquivo
14/08/2020 13:27

O vereador Olavo Sul (MDB) novamente está cobrando do Poder Executivo a conclusão da reforma do Centro Homeopático de Dourados, que enfrenta atrasos e tem levado transtornos a população da região.

“As obras de reforma do Centro Homeopático de Dourados foram iniciadas em março depois de muito atraso, o Ministério das Cidades já depositou a primeira parcela, no valor de R$ 79.924,00. Ao total devem ser investidos na obra recursos na ordem de R$ 353.406,14, de emenda parlamentar do deputado federal licenciado Geraldo Resende (PSDB), hoje secretário de Saúde do Estado. Infelizmente na semana passada recebemos reclamações e minha assessoria esteve no local por dois dias e não apareceu nenhum trabalhador no local, os materiais da obra estão lá expostos ao tempo, além disso foi aberta no asfalto uma valeta parcialmente tampada, então a prefeitura tem que tomar medidas que assegurem o bom andamento da reforma, que tapem o buraco que foi aberto na Rua Monte Castelo, trazendo transtornos à população, e solicitem a religação da energia para que a empresa que está responsável pela reforma possa dar andamento a obra”, disse Olavo.

Estão previstas intervenções na cobertura, nas instalações hidráulica e elétrica, acessibilidade, climatização, recepção e sala de convivência, além de um espeço para a implantação da Clínica do Idoso.

“O centro homeopático sempre foi referência no atendimento, escutamos das pessoas a importância dos tratamentos que eram oferecidos no local, estamos chegando ao fim da gestão e uma simples reforma, pode ser que fique para a próxima gestão finalizar, lamentável, pois quem sofre com isso é a população douradense, mas vamos seguir firme nas cobranças”, finalizou Olavo.

O Centro Homeopático está com o atendimento remanejado para outras unidades, a reforma e ampliação fazia parte da proposta da administração de recuperação do patrimônio público em Dourados, assim como a do Estádio Fredis Saldivar, que hoje encontrasse abandonado.

Texto/Fonte: Assessoria Parlamentar

Informativo da Câmara

Cadastre seu e-mail para receber novidades da Câmara Municipal de Dourados.