Juscelino Cabral protocola projeto de lei que define todo trabalho como sendo essencial
Vereador Juscelino Cabral, primeiro-secretário da Mesa diretora da Câmara de Dourados
Foto: Humberto Martins
23/04/2021 12:32

O vereador Juscelino Cabral (DEM) protocolou nessa sexta-feira (23) na Câmara Municipal, projeto de lei que “dispõe sobre o estabelecimento de toda e qualquer atividade comercial, industrial e de serviços como de caráter essencial na cidade de Dourados”.

Para Juscelino, toda atividade econômica que gere renda não deveria ser submetida à classificação de essencial ou não, “afinal esse retorno financeiro oriundo desses trabalhos, compõe o orçamento de milhares de pessoas, isso quando não são a única fonte de renda”.

“Nesse momento crítico que estamos passando, restringir atividades econômicas é colaborar com o caos”. Assinala o vereador, acrescentando que os abonos e auxílios financeiros beneficiam, mas são restritos e paliativos, e em muitos casos, não suprem as demandas com lares numerosos. E as consequências disso, são entre outras, a inadimplência, o acúmulo de contas a pagar, e o medo de não ter alimento para o dia de amanhã, e o mais grave de todos: a fome.

Com a restrição das atividades comerciais, há os que não estão conseguindo sequer comprar remédios de que fazem uso diariamente, diz ele. “Muitos foram prejudicados no município de Dourados em função dessas medidas pouco inteligentes e sensatas, despidas de um estudo prévio para sua aplicação. É hora de voltarmos ao trabalho, conseguir nossa renda e continuar viver com dignidade”, enfatiza Juscelino.

Texto/Fonte: Assessoria

Informativo da Câmara

Cadastre seu e-mail para receber novidades da Câmara Municipal de Dourados.