Jânio Miguel pede urgência na contratação de médicos especializados em neurologia
Vereador Jânio Miguel também aponta elevado número de acidentes e pede quebra-molas na Rua Floriano Peixoto
Foto: Valdenir Rodrigues
19/04/2021 11:01

O vereador Jânio Miguel (PTB) endereçou expediente ao prefeito Alan Guedes (PP), com cópia ao secretário interino de Saúde Edvam Marcelo Marques, solicitando que a administração proceda, em caráter de urgência, a contratação de médicos especializados em neurologia geral para a rede de saúde do município, “visto que não há profissionais nesta área e houve aumento significativo na procura desta especialidade, devido ao cenário vivido pela pandemia”.

Jânio justifica que moradores têm relatado que a falta dessa especialidade tem impactado a vida deles. “Sabemos que é uma especialidade extremamente necessária e que as consultas particulares são muito caras. A contratação deste profissional para a rede pública representará um avanço na humanização do atendimento, bem como no trato com as fragilidades do ser humano, que, por obvio, não queriam adentrar as portas desse sistema”, diz o vereador.

 

TRÂNSITO

Jânio Miguel também fez indicação ao prefeito, com cópias aos secretário municipal de Governo Henrique Sartori e à diretora-presidente da Agetran Mariana de Souza Neto, solicitando que providenciem a implantação de um redutor de velocidade do tipo quebra-molas, com a devida sinalização horizontal e vertical, na Rua Floriano Peixoto, Vila Delfus.

Justifica que moradores apontam que um considerável número de veículos trafegam naquela via, muitos em alta velocidade, oferecendo riscos de acidentes. “É uma via importante, que se tornou o principal acesso a estabelecimentos comerciais, e não existe nenhum redutor de velocidade nesse trecho que possa proporcionar segurança aos pedestres”, explica.

O vereador diz que, segundo os moradores, o trecho compreendido entre as ruas Floriano Peixoto e Major Capilé tem sido palco de alguns acidentes por conta da alta velocidade que os condutores imprimem em seus veículos, numa flagrante falta de respeito com os pedestres e demais condutores.

“Sabe-se que a experiência no controle da velocidade demonstra uma redução imediata da quantidade e gravidade dos acidentes, além de se traduzir em ganhos de mobilidade, pois a maior uniformidade na velocidade diminui a necessidade de ultrapassagens e evita veículos demasiado próximos entre si”, argumenta o vereador, concluindo que “o controle de velocidade é uma ação voltada para a segurança de trânsito, não um ato repressivo, que contribui para uma melhor segurança e operação de tráfego, dentro de limites de velocidade estabelecidos principalmente para locais concentradores de acidentes, com mau uso e ocupação do solo, ou em que não se observem padrões de projeto mínimos necessários para a segurança de tráfego”.

Texto/Fonte: Assessoria CMD

Informativo da Câmara

Cadastre seu e-mail para receber novidades da Câmara Municipal de Dourados.