Ishy cobra manutenção de praças e áreas públicas tomadas pelo mato
17/04/2015 10:00

Vereador lamenta que áreas públicas se encontrem em estado de má conservação ou abandono

Diante de reivindicações de moradores, o vereador Elias Ishy (PT) cobrou da Prefeitura de Dourados, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos a manutenção de diversas áreas públicas que se encontram em estado de má conservação ou abandono.

Foram solicitadas a limpeza e a roçada da Praça do Cinquentenário, do entorno da lavanderia comunitária do Cachoeirinha; revitalização e reposição de areia do parque infantil da Praça Antônio Alves Duarte (antiga Praça Mário Correia, anexa ao Terminal de Transbordo) e do Ceper do BNH 2° Plano, além de serviços de recuperação do estacionamento do Parque dos Ipês.

Palco de diversas manifestações artísticas em anos anteriores, a Praça do Cinquentenário, localizada em frente à Escola Municipal Rosa Câmara nos altos da Cabeceira Alegre, está tomada pelo mato, favorecendo a proliferação de animais peçonhentos. É o mesmo problema enfrentado pelas pessoas que utilizam os serviços da lavanderia comunitária do Cachoeirinha, em cujo entorno o mato alcança um metro de altura.

A Praça Antônio Alves Duarte, anexa ao Transbordo e em frente ao Hospital Evangélico, abriga uma das mais antigas bibliotecas pública do Estado, fundada em 19 de dezembro de 1969, a Biblioteca Vicente de Carvalho, cujo prédio está em situação precária. A má conservação de toda a praça é visível no calçamento deteriorado, em pichações nos monumentos, no banheiro depredado e sem condições de uso e na área destinada ao parque infantil, desativada há anos.

A mesma carência de parque destinado ao lazer das crianças é enfrentada pelos moradores que frequentam o Ceper do BNH 2° Plano.

Embora a Prefeitura tenha realizado revitalização interna do Parque dos Ipês, não foi dada a devida atenção à recuperação da área do estacionamento, especialmente a parte voltada à rua Olinda Pires de Almeida, que é bastante utilizado pelos usuários de um supermercado próximo e se encontra em estágio avançado de deterioração.

“Temos cobrado que a Prefeitura empreenda esforços para realizar de forma permanente e planejada os serviços de manutenção de praças, parques e demais áreas públicas do município. A falta de conservação leva ao processo de deterioração, tornando a recuperação dessas áreas mais onerosa para a gestão municipal, transformando várias delas em espaços públicos abandonados”, apontou Ishy.


A deterioração é visível é em toda a praça do Transbordo, principalmente nos sanitários sem condições de uso Fotos: Assessoria)

Texto/Fonte:

Informativo da Câmara

Cadastre seu e-mail para receber novidades da Câmara Municipal de Dourados.