Ishy cobra ações da prefeitura com aprovação do projeto “Junho Verde”
Tradicional no mês, vereador afirma que atividades de conscientização ambiental foram esquecidas pela gestão municipal
A legislação trata do fomento à conservação e ao uso de espaços públicos urbanos.
Foto: Assessoria
06/06/2022 10:19

 

A iniciativa do Projeto de Lei “Junho Verde”, do vereador Elias Ishy (PT), aprovado na Câmara de Dourados, recentemente, tem como objetivo envolver a sociedade em torno de uma ampla agenda referente a importância do Meio Ambiente. O parlamentar chamou a atenção para a não realização da semana, tradicionalmente realizada no período do dia 05 de junho e que tinha uma programação de debates, oficinas e outras tantas atividades de conscientização.

Com a Lei sancionada, Ishy espera que o governo possa garantir no calendário a promoção e construção de parcerias para a realização de várias ações. Para o vereador, o projeto não terá força de mudar a atual realidade do município apenas pela sua aprovação, mas tem o poder de influenciar as pessoas e garantir condições básicas. “É necessário que todos tenham acesso a alimentação saudável, água potável e um ar de qualidade”, afirma.

Ishy lembra ainda da importância da educação ambiental. De acordo com a legislação, a campanha será promovida pelo Poder Público em parceria com escolas, universidades, empresas públicas e privadas, igrejas e entidades da sociedade civil. O parlamentar vai homenagear ainda este mês pessoas que são idealizadoras de ações educativas, relacionadas a entidades como o IMAD - Instituto de Meio Ambiente e Desenvolvimento, AGCOLD - Associação dos Agentes Ecológicos de Dourados e AJI – Ação dos Jovens Indígenas de Dourados.

Para ele, temas extremamente necessários no município devem ser incluídos na pauta, mas que já são debatidos e acompanhados por seu mandato, além da educação ambiental, como a questão do lixo, saneamento, os parques e praças, as árvores e a agroecologia. A Lei pensa no fomento à conservação e ao uso de espaços públicos urbanos, plantio e uso de espécies nativas, sensibilização sobre a redução do consumo e do reuso de materiais e capacitação quanto à segregação de resíduos sólidos e à reciclagem, divulgar e propor debates sobre as mudanças climáticas e seus impactos nas áreas urbanas e rurais.

Lembrando ainda que o mês de junho já tem outras datas relativas ao meio ambiente e à questão da sustentabilidade que são comemoradas, como o “Dia nacional da educação ambiental, no dia 03 de junho, o Dia da Ecologia, no dia 05 de junho, o Dia dos catadores de materiais recicláveis, no dia 07 de junho, o Dia Mundial dos Oceanos, no dia 08 de junho e o Dia de combate à desertificação e à seca no dia 17 de junho”.

 

Texto/Fonte: Assessoria

Informativo da Câmara

Cadastre seu e-mail para receber novidades da Câmara Municipal de Dourados.