Fabio Luis visita Agecold e encaminha ao Executivo solicitações dos associados
Fabio Luis visita Agecold e encaminha solicitações à Prefeitura
Foto: Assessoria
08/02/2021 11:41

Trabalhadores que atuam com a seleção de materiais recicláveis por meio da Associação dos Agentes Ecológicos de Dourados (Agecold), procuraram o gabinete do vereador Fabio Luis (Republicanos) para pedir ajuda junto à administração municipal, visando a aplicação de melhorias na sede da entidade.

O espaço, que abriga um expressivo sistema de coleta e seleção de recicláveis, apresenta diversos problemas como fossa transbordando, pontos de alagamento devido às chuvas e infiltrações nas áreas de escritório e no refeitório, além do lamaçal no pátio de entrada.

Tais problemas afetam a produtividade da associação, que representa para Dourados um esforço enorme em sustentabilidade e reciclagem do lixo coletado diariamente em alguns bairros.

As melhorias solicitadas ao vereador Fabio Luis serão encaminhadas aos órgãos competentes, como o Instituto de Meio Ambiente, Poder Executivo, Ministério Público Estadual e Ministério Público do Trabalho.

Ao todo a entidade beneficia 12 famílias diretamente no serviço de seleção dos resíduos coletados. A grande preocupação é com a segurança desses profissionais e a garantia da efetividade do serviço. “Nosso trabalho é essencial para a cidade e meio ambiente, o que desejamos são condições físicas melhores para desenvolver nosso oficio", destacou Adriana.

O parlamentar assumiu compromisso de interceder pela associação junto à Prefeitura de Dourados, buscando as melhorias necessárias para os problemas urgentes. Fabio solicitará ao Município, estudos para um possível projeto que proporcione a ampliação do serviço desenvolvido na associação e consequentemente melhorar o status ecológico da cidade.

“Precisamos manter firme a missão de preservar nosso meio ambiente. Sou defensor desse trabalho realizado pela Agecold e irei buscar iniciativas que façam a promoção do serviço de coleta seletiva Dourados. A coleta seletiva dá uma sobrevida significativa ao nosso aterro sanitário, e ao meio ambiente. Não podemos pensar apenas no hoje. Quando se trata de meio ambiente, estamos olhando para o futuro, na preservação não só das nossas fontes naturais, mas na garantia da qualidade de vida do ser humano”, afirmou.

Texto/Fonte: Assessoria

Informativo da Câmara

Cadastre seu e-mail para receber novidades da Câmara Municipal de Dourados.