Elias Ishy reitera defesa da democracia e autonomia da UFGD
Vereador manifestou o apoio aos eleitos pela lista tríplice, professores Etienne e Cláudia
Elias Ishy busca a democracia e autonomia da UFGD
Foto: Arquivo
28/07/2020 11:19

Como presidente da Comissão de Educação, o vereador Elias Ishy (PT), reiterou a defesa da democracia e da autonomia da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), na sessão desta semana na Câmara. Ele ressaltou o importante papel no desenvolvimento intelectual, econômico, cultural e social do nosso município.

Para isso, mais uma vez, ele manifestou o apoio a nomeação dos professores Etienne Biasotto e Cláudia Lima para os cargos de reitor e vice-reitora da UFGD, respeitando a legitimidade da lista tríplice. Mais de um ano se passou sem que essa pendência fosse resolvida causando um enorme prejuízo para a região.

Durante a sessão, Ishy relatou o processo a deputada federal Rose Modesto, vice-presidente da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados. Em um documento atual destinado a ela com cópia ao senador Nelsinho Trad, coordenador da bancada de MS no Congresso Nacional, os legisladores falaram sobre o plano de desenvolvimento institucional da UFGD, que que previa o aumento alunos, professores e técnicos administrativos. Sem falar no orçamento que teria uma elevação em aproximadamente um terço do valor atual.

Ele lembrou ainda que em março de 2019 foi encaminhada pela Câmara uma carta à Presidência da República, por unanimidade dos vereadores. A própria bancada de Mato Grosso do Sul visitou o então ministro da educação, solicitando respeito às eleições, mas está sem respostas até o momento. No texto, eles resgatam que desde FHC, Lula e Dilma, sempre foram respeitados os primeiros colocados na lista.

Texto/Fonte: Assessoria Parlamentar

Informativo da Câmara

Cadastre seu e-mail para receber novidades da Câmara Municipal de Dourados.