Elias Ishy propõe “Frente Parlamentar de Acompanhamento da Revisão do Plano Diretor”
Proposta do vereador é de acompanhar, fiscalizar e contribuir na execução das tarefas do Executivo
Frente Parlamentar irá fiscalizar e contribuir como Executivo
Foto: Arquivo
29/07/2020 10:18

O vereador Elias Ishy (PT) propôs nesta semana a criação de uma “Frente Parlamentar de Acompanhamento da Revisão do Plano Diretor”, que tem como objetivo acompanhar, fiscalizar e contribuir na execução das tarefas do Executivo. Na proposição, os parlamentares Daniela Hall (PSD) e Sergio Nogueira (PSDB) compõem como vice e membro, respectivamente.

Em 2011, ele foi o único vereador a votar contra o aumento do perímetro urbano, um dos pontos para ser tratado no Plano. “Nove anos depois, estamos nos deparando com os problemas que penalizam os moradores, como na saúde, educação e segurança pública”, afirma. Segundo o vereador, a revisão é a oportunidade de corrigir os erros do passado.

Ele explica que a população fica refém, por exemplo, de um transporte coletivo que pode ser ineficiente e cada vez mais distante do acesso aos serviços públicos como de hospitais, postos de saúde, escolas, creches, asfalto, lazer e esporte. Ishy lembra ainda o trabalho parecido foi realizado no acompanhamento quanto ao saneamento básico, com as diretrizes apresentadas para a concessão da Sanesul - Empresa de Saneamento do Estado de Mato Grosso do Sul. 

Foi realizada uma reunião na semana passada pela Comissão de Meio Ambiente, da qual Ishy é presidente, para tratar também sobre a participação da sociedade na revisão. Os pesquisadores apontaram aspectos relevantes que precisam ser considerados além disso, como a recriação do Instituto de Planejamento Municipal e a própria revisão do atual perímetro urbano, reduzindo seu tamanho para 120 km².

Participaram do encontro virtual, além dele, a secretária de Planejamento, Adriana Benício, o ex-secretário que instituiu o plano, Mário Tompes, os professores Vito Comar, (Nurb/UFGD - Núcleo de Boas Práticas Urbanas), José Daniel Filho (IMAD -Instituto de Meio Ambiente e Desenvolvimento), Edvaldo Moreti (Grupo de Estudos Territorialidade/UFGD),  Joelson Pereira, Jairo Gaona e Enio Ribeiro (Fórum das Áreas Verdes Dourados). 

Texto/Fonte: Assessoria Parlamentar

Informativo da Câmara

Cadastre seu e-mail para receber novidades da Câmara Municipal de Dourados.