Elias Ishy cobra serviços urbanos em diversos pontos de Dourados
  Situação é de abandono, como na Escola Franklin Azambuja, no IV Plano e a ciclovia na rua Palmeiras
Na Escola do IV Plano foi relatada a presença de escorpiões devido a falta de manutenção
Foto: Assessoria
28/03/2022 10:58

 

 

O vereador Elias Ishy tem cobrado ações da prefeitura de Dourados para vários pontos relacionados a serviços urbanos, inclusive em uma escola e uma ciclovia. Segundo o parlamentar, na verdade, ele está reiterando pedidos, pois já foram realizados à administração, mas não atendidos e isso tem prejudicado a segurança das pessoas. “A situação é de abandono”, afirma.

Entre as indicações encaminhadas nos meses de fevereiro e março, está a solicitação de serviços de poda de árvores, roçada e retirada de Leucenas na ‘área verde’ localizada no entorno da Escola Franklin Azambuja, no BNH IV Plano. O documento foi encaminhado, inclusive, com cópia ao IMAM (Instituto de Meio Ambiente) e reiterou a Indicação n. 1468, realizada em 16 de agosto de 2021. Foram apresentados problemas com a deterioração do alambrado e a presença de escorpiões.

Em outra solicitação, Ishy pediu que a prefeitura providencie melhorias na rua Palmeiras, quanto ao escoamento de águas pluviais e manutenção de ciclovia. De acordo com a justificativa, as recentes chuvas trouxeram dores de cabeça aos moradores, em especial entre a AABB e a rua Tibúrcio Olau de Almeida, no Jardim Del Rey. Populares relatam que a atual estrutura não é suficiente e a água acaba invadindo os imóveis. Além disso, a ciclovia  foi “invadida” pelo mato e a qualidade do calçamento dificulta a utilização pelos trabalhadores.

O vereador também indicou serviços de roçada, poda de árvores e limpeza às margens das ruas Paisandu, Nivaldo Santana e Francisco Luiz Viegas, no Residencial Flor de Maio. Essa região é a margem do bosque e, além da poluição visual, moradores têm despejado entulhos e diversos outros tipos de lixo propiciando a proliferação de insetos e animais indesejáveis e prejudiciais à saúde.

Por fim, foi enviado à Agência Municipal de Transporte e Trânsito (AGETRAN) para que sejam realizados estudos quanto à redução de acidentes no cruzamento da rua Weimar Gonçalves Torres com a rua Benjamin Constant. As pessoas relatam dificuldades na travessia e citam um alto número de acidentes no local. “Essa região tem acesso de residenciais e também área comercial, por isso a importância da intervenção”, finaliza.


 

Texto/Fonte: Assessoria

Informativo da Câmara

Cadastre seu e-mail para receber novidades da Câmara Municipal de Dourados.