Elias Ishy cobra medidas contra a perturbação de sossego em Dourados
Ishy quer saber em detalhes quais ações o município tem realizado para inibir casos de perturbação nos bairros da cidade
Foto: Valdenir Rodrigues/CMD
29/09/2021 10:43

O vereador Elias Ishy (PT) recebe frequentemente diversas denúncias que relatam situações ligadas a casos de perturbação de sossego pela cidade, além da dificuldade de acesso a atendimento para denúncias. Essa é uma situação que tem ocorrido em vários bairros, como na Vila Esperança, Tonani e Dioclécio Artuzi. 

A maioria dos moradores desses locais, que procuraram o mandato do vereador, pedem a intervenção dos órgãos de segurança para dar fim a esse problema que já virou rotina. “Não posso colocar a minha vida e da minha família em risco ao buscar o nosso direito ao sossego”, relatou um cidadão. 

A perturbação do sossego é crime enquadrado como contravenção penal e a poluição sonora é tida como crime ambiental. Ambas podem produzir prejuízos materiais, transtornos psicológicos, físicos e também danos morais. De acordo com um estudo publicado pela OMS (Organização Mundial de Saúde), alguns dos possíveis danos causados pela exposição a ruídos, por exemplo, são perda de audição, aumento da pressão arterial, interferência no sono, problemas gástricos e estresse.  

No passado, esse tipo de denúncia liderava as queixas na Polícia Militar, principalmente aos finais de semana, chegando a 50% do total de denúncias pelo 190. Ishy encaminhou à prefeitura um requerimento, com cópia à Secretaria de Governo e Guarda Municipal, cobrando informações sobre como tem ocorrido a fiscalização desses casos atualmente.

A solicitação do vereador é pelo acesso as informações sobre quais ações o município tem realizado para inibir casos de perturbação, de que forma a população pode denunciar e quantas autuações foram realizadas mensalmente em 2021. 

Em relação ao efetivo de pessoal e equipamentos, Ishy indaga se os órgãos fiscalizadores conseguem atender toda a demanda e de que forma o serviço poderia ser mais efetivo. O vereador, recentemente, também questionou a administração sobre a política municipal de Segurança Pública. 

Segundo ele, a área é extremamente importante na garantia de proteção dos cidadãos e, consequentemente, para a melhora na problemática social. “Cobramos a resposta do Poder Público, pois para existir a fiscalização é necessária que exista uma estrutura mínima para isso”. 
 

Texto/Fonte: Assessoria

Informativo da Câmara

Cadastre seu e-mail para receber novidades da Câmara Municipal de Dourados.