Elias Ishy assume presidência da Comissão de Agricultura e vice da Educação
O vereador é defensor da agroecologia, agricultura familiar e é reconhecido politicamente na luta pela educação
Foto: Assessoria
08/02/2021 09:14

O vereador Elias Ishy assumiu a presidência da Comissão de Agricultura e a vice da Educação em 2021. O mandato do parlamentar se consolidou com uma referência confiável politicamente e do ponto de vista ético, pois, sem hesitar, sempre esteve a serviço das mais diversas lutas sociais, políticas, ambientais, se destacando na fiscalização e na defesa do interesse público.

Nas Comissões, ele têm a oportunidade de exercer a função técnica e realizar estudos que emitem parecer especializados sobre projetos e assuntos de interesse do município, bem como investigar irregularidades denunciadas pela comunidade. O  parlamentar tem um mandato participativo, também sempre esteve conectado aos Movimentos Sociais, com uma trajetória de luta em defesa da agroecologia e agricultura familiar. É reconhecido também na área da educação.

Ishy é autor de Leis de incentivo a agroecologia, como a semana destinada a promover o debate sobre produção sustentável de alimentos, a de atividade econômica primária agroecológica em terrenos públicos e a que instituiu o Programa de Hortas Agroecológicas Comunitárias e Educativas no município. O vereador realizou importantes debates sobre a insegurança e soberania alimentar, como as audiências de 2015, 2018 e 2019. Além ainda do contato direto com a Associação dos Produtores. Orgânicos de Mato Grosso do Sul (Apoms), participando de vários eventos na região, como a Feira de Sementes Nativas e Crioulas.

O parlamentar defendeu avanços na educação, contribuiu na elaboração do Plano Municipal, fez força contrária a movimentos da prefeitura realizados de forma autoritária. Lutou com professores, técnicos, estagiários e toda a comunidade escolar contra retrocessos, por manutenção de salas de aula, a exemplo da escola municipal Neil Fioravanti, o CAIC, além da qualidade de vida e valorização dos servidores pelo PCCR (Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração).

Ishy acredita que o país vive atualmente uma crise moral, social, econômica, ambiental e cultural, em consequência da adoção de um modelo de desenvolvimento que impõe impactantes cortes em políticas públicas, ataques às organizações, privatizações, aumento do desemprego, precarização do trabalho, com perdas de direitos conquistados historicamente. Tudo isso aprofundado pela pandemia do coronavírus. “São enormes os desafios, mas vamos lutar nessas Comissões para  o desenvolvimento e fortalecimento das políticas públicas de cada área”, finaliza.

 

Texto/Fonte: Assessoria

Informativo da Câmara

Cadastre seu e-mail para receber novidades da Câmara Municipal de Dourados.