Comunidade de Vila Formosa sofre com descaso do poder público, diz Márcio Pudim
- Vereador lamenta paralisações e cobra continuidade dos serviços de reforma do ginásio poliesportivo do distrito -
Obras de reforma do ginásio poliesportivo de Vila Formosa sofreram três paralisações
Foto: Assessoria
16/12/2021 11:29

 

Aguardada há quase dois anos, a obra de reforma do ginásio poliesportivo de Vila Formosa está paralisada e a comunidade do distrito tem sofrido com o atraso e, de certa forma, com a “falta de compromisso do poder executivo no tocante a garantir celeridade e plena execução da reforma”, conforme definiu esta semana o vereador Márcio Pudim (DEM), que também menciona a construção da pista de caminhada, iluminação, quadra de vôlei de areia e do término de instalação dos equipamentos da Academia ao Ar Livre em local anexo ao poliesportivo. “Tais obras, até o presente momento, não foram concluídas, sendo que por mais de três vezes foram paralisadas”, pontua.

No mês de julho de 2021 Márcio Pudim enviou requerimento ao executivo municipal cobrando explicações quanto à demora e valores destinados para execução da obra. No mês de agosto foi respondido o requerimento, informando que as obras estavam em “ritmo lento”, e que até aquele momento havia consumido o valor de R$ 48 mil com a execução do contrato, que o valor total da obra é de R$ 250.551,71 (Duzentos e cinquenta mil, quinhentos e cinquenta e um reais e setenta e um centavos) e que já haviam notificado a empresa responsável pela execução da obra.

“No entanto, mesmo o executivo tendo registrado na resposta ao requerimento que o prazo de vigência do contrato com a empresa Queiroz PS Engenharia Eireli EPP era até 10.12.2021, percebe-se que nada foi feito pelo executivo para garantir, dentro do prazo de vigência do contrato, a continuidade da obra, pois teve reinício no mês de novembro, quase um mês antes do prazo para o término do contrato e com serviços até então executados que compreendem a fase inicial do projeto de execução”,  pondera o vereador.

Na sexta-feira (10), Márcio Pudim esteve novamente na Secretaria de Obras Públicas e, verbalmente, solicitou informações, sendo informado que a obra estava paralisada, que ocorreram novos pagamentos, porém os serviços executados eram de apenas 19% dos serviços contratados. Ou seja, uma obra pública em estado inicial de execução.

“Gostaria muito de ver nas festividades de final de ano e férias escolares a comunidade do distrito de Vila Formosa gozando de um espaço público digno e em condições de ofertar conforto, saúde, segurança e alegria aos munícipes daquela região, porém, esse desejo, que certamente representa o sonho da totalidade dos moradores de Vila Formosa e região, não vai acontecer no ano de 2021”, lamenta o vereador Márcio Pudim, salientando que “em face deste e de outros inúmeros problemas vivenciados diariamente na gestão Alan Guedes, continuaremos diligentes na fiscalização do executivo municipal, cobrando melhorias para todos os bairros e distritos da nossa querida Dourados”.


 

Texto/Fonte: Assessoria

Informativo da Câmara

Cadastre seu e-mail para receber novidades da Câmara Municipal de Dourados.