Carlito do Gás solicita lotérica no Grande Parque das Nações
Carlito do Gás solicitou implantação de lotérica no Grande Parque das Nações
Foto: Thiago Morais/Arquivo
13/05/2020 09:00

O vereador Carlito do Gás (MDB) enviou documento ao superintendente da Caixa Econômica Federal (CEF) em Mato Grosso do Sul, Evandro Narciso de Lima, e ao superintendente em Dourados, Paulo Quintas, solicitando a realização de estudo de viabilidade visando a realização de licitação para implantação de uma Casa Lotérica na região conhecida como Grande Parque das Nações.

“A região do Grande Parque das Nações é composta por diversos bairros e possui expressiva densidade populacional”, ponderou o vereador, para o qual a implantação de uma Casa Lotérica vai trazer maior comodidade para os moradores, que atualmente deslocam por grandes distâncias para usufruir da vasta gama de serviços disponibilizados por esses estabelecimentos -pagamentos e recebimentos de seguro desemprego, bolsa família, aposentadoria, depósitos, contas de água, luz e telefone e jogos - e ainda encontram constantemente as agencias lotadas.

“Visto que há demanda, uma ação da Caixa, responsável pela concessão, via licitação, da autorização para implantação, pode estimular investidores e levar este benefício a centenas de moradores”, afirmou Carlito do Gás, reforçando que uma unidade da Caixa no residencial vai atender a demanda populacional ali existente com os serviços bancários que a mesma proporciona. “Não temos dúvida da importância desse modelo de prestação de serviços e da comodidade dos moradores que poderão ser atendidos sem sair da região, onde já estão instalados pequenos, médios e grandes empreendimentos de vários segmentos”, avaliou Carlito.

A região do Grande Parque das Nações abrange os bairros Parque das Nações I, Parque das Nações II, Canaã II, Canaã IV, Chácara Califórnia, Jardim Alhambra, Jardim Jóquei Clube, Jardim Santa Felicidade, Parque Rincão I, Parque Rincão II, Vila Anete, Vila Mariana, Vila São Braz e Vila Valderez, totalizando mais de 60 mil moradores. “Acredito que o estudo que solicitamos à Caixa Econômica vai sensibilizar tanto a instituição para fazer uma licitação para a concessão como os investidores, já que é uma ampla região que está “a descoberto” no que tange ao serviço de lotéricas”, finalizou Carlito do Gás.

Texto/Fonte: Assessoria Parlamentar

Informativo da Câmara

Cadastre seu e-mail para receber novidades da Câmara Municipal de Dourados.