Bebeto reforça pedido de parceria na recuperação de estradas vicinais
Vereador Bebeto encaminha pedidos do setor produtivo, na Câmara de Dourados
Foto: Thiago Morais
17/12/2019 07:09

O vereador Bebeto (PL) reforçou pedido durante sessão, na Câmara de Dourados, apontando a necessidade de parceria entre a Prefeitura e Estado (através da Agesul) na recuperação emergencial das estradas vicinais do município. A indicação foi encaminhada a prefeita Délia Razuk (PTB) e ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB), com cópias ao diretor-presidente da Agesul, Luiz Roberto Martins de Araújo e à secretária municipal de obras, Marise Aparecida Bianchi Maciel.

De acordo com o vereador, a urgência na recuperação das vias vicinais se faz necessário, tendo em vista o volume de chuvas ocorridas nas semanas anteriores que consequentemente tem prejudicado a manutenção de estradas.  “Por meio da Agesul solicitamos ainda projetos visando a manutenção destas vias, como a execução de serviços de caixas de captação de águas pluviais, além do patrolamento e cascalhamento”, reforçou. 

Bebeto cobrou também durante a tribuna da Câmara, a aplicação dos recursos arrecadados por meio do Fundersul, tendo em vista que tanto o município como o Estado serão beneficiados. “A arrecadação deve ser revertida ao setor produtivo do município, pois além da região da Grande Dourados ser considerada um dos maiores polos de produção agrícola, também deve ser levado em conta o deslocamento do transporte escolar, sendo que em dias de chuvas a trafegabilidade destes veículos fica prejudicada”, enfatizou.

Em outras ocasiões o vereador também reforçou a necessidade de parceria entre o Governo do Estado, inclusive com o deslocamento dos maquinários que compõe o parque rodoviário de máquinas até os distritos. “Aguardamos providências, considerando que a Prefeitura de Dourados tem disponibilizado frequentemente estes serviços durante os três anos anteriores, não deixando de atender os produtores rurais que necessitam de manutenção constante das estradas para o escoamento da safra agrícola”, considera Bebeto.

Texto/Fonte: Assessoria

Informativo da Câmara

Cadastre seu e-mail para receber novidades da Câmara Municipal de Dourados.